PagSeguro: Mais um IPO Brazuca nos EUA

pagseguro

Já tem um tempo que o mercado está falando e recentemente o PagSeguro deu os primeiros indícios de um possível IPO.

Parece que a coisa é séria e em breve poderemos acompanhar mais uma oferta pública de ações brazuca, logo no primeiro trimestre de 2018. Quem deve encabeçar a oferta é a Goldman Sachs, e eles estão entre a NASDAQ e a NYSE.

Recentemente falamos por aqui no IPO da Netshoes, que captou US$ 138,9 milhões na NYSE. Por isso, vou aproveitar e tentar cobrir um pouco do IPO do PagSeguro, afinal essa é uma notícia é fantástica para a comunidade de startups brasileiras. É muito bacana ver nossas empresas de tech indo pra fora, escalando e captando recursos para crescer e brigar batalhas cada vez mais ousadas.

Torcendo Ticker PAGS!

O PagSeguro se tornou a maior empresa do grupo UOL (o chat e os banners não iam durar para sempre, né? ;). Olha só os números de tráfego do site deles:

Dados do SimilarWeb. Quase 7m uniques 😉

Isso mesmo, média de 21m visitas e 7m uniques mês. Duração média de quase 6 minutos (Checkouts, claro!) e um bounce rate baixo. Ok, mas até aí, nenhuma novidade!

Fintechs e Pagamentos no Brasil. Mercado Quente. ..

O grande Rodrigo Dantas já falou bastante sobre isso, e recomendo este texto dele. Mas mais do que apenas fintechs, o segmento original do Pagseguro (gateways) também segue crescendo muito. Um estudo da Technavio joga o número para 17% YoY entre 2017 e 2021.

data from technavio

É um mercado gigante, passando por um crescimento acelerado, propulsionado pela explosão mobile. Quando falamos de gateways, o PagSeguro compete com players grandes gringos como Paypal, Amazon Payments e Stripe e players locais como o Moip, que foi vendido recentemente por R$ 165m.

Estratégia dominante!

Para quem quer um pouco de história, o PagSeguro começou como uma empresa de pagamentos online (O UOL comprou a BRPay e fez um rebrand).

Na época da aquisição a BRPay não era a única no setor, mas a máquina do UOL escalou o negócio com velocidade. Em poucos anos o PagSeguro conseguiu conquistar a liderança em market share no Brasil. Para entender o tamanho dos caras com relação aos demais gateways, rodei um experimento rápido:

Mandei um crawler visitar ˜1.5m sites terminados em .br e verificar no código fonte se o site usava algum dos seguintes meios de pagamento: PagSeguro, Moip, Paypal, Stripe e Braintree. Da amostra, cerca de 35k sites usavam meios de pagamentos e ficou claro que o PagSeguro consolidou o mercado. Vejam só:

Big data #FTW!

81% de market share na amostra;

5,7x maior que o segundo player, MOIP (vendido por R$165m);

26x maior que o Paypal no Brasil;

Está claro que o mercado de “gateways de pagamento” já é uma luta vencida para o PagSeguro. Então, why IPO? WhyPO?

mudernidades!

Moderninha: A segunda escalada do PagSeguro

Além das vendas web, ecommerce clássico, o Pagseguro fez um move ousado em 2014. Saiu do online para o offline (ok, não tão offline assim). Ele foi pra rua e botou pra jogo a Moderninha.

Você já viu uma dessas…

O negócio de máquinas de cartão foi um grande shift e colocou o Pagseguro em um mercado ainda maior do que o anterior. A moderninha permitiu que empreendedores individuais e lojistas pudessem comprar as máquinas ao invés de alugar, além de aceitar cartões com facilidade e sem burocracia. Mas não sem comprar uma grande briga.

Olha o naipe dos rivais:

  • Cielo SA — Uma empresa que vale R$ 64bi!;
  • Rede — Parte do gigante Itaú, de R$ 250bi;

E o tamanho do estrago:

“Big dog fight”

Recentemente, em uma entrevista, Juan Fontes, diretor do PagSeguro, disse que a empresa não divulgava dados. Ao mesmo tempo ele também divulgou alguns dados: Em Maio de 2017, o business tinha mais de 1 milhão de vendedores cadastrados e mais de 40 milhões de compradores. Minha aposta? Para comprar esta briga, o PagSeguro precisava de Warchest. Ele precisa se capitalizar. Como? IPO!

Vale a pena entrar nesse IPO?

Assim como fiz no IPO da Netshoes, vou dar uma olhada nos dados assim que sair o prospecto e comentarei por aqui. Fiquem de olho e não deixem de comentar/compartilhar. #GoPAGS!


PS1: Se você quiser mergulhar na história do Pagseguro, nos tempos pré UOL, essa apresentação do Sérgio Faria, fundador do BRPay mostra o crescimento da empresa até ser adquirida pela UOL. Números interessantes!

PS2: O Dantas também falou sobre o assunto e cogitou IPO’s de VTEX, Stone e Clearsale. Queria saber: Qual sua opinião sobre isso? Confere o post dele lá!


Se você curtiu este artigo, ajude a espalhá-lo com vários ! Acompanhe o conteúdo que compartilhamos por aqui seguindo a publicação e assinando a newsletter do SaaSholic. Quer contribuir com conteúdos sobre SaaS? Let’s do it! 😉

Victor Maia

Victor Maia

CMO as a Service @Hack4Change, Head of Community @SaaSholic and Community Manager for Team GaryVee Brazil. Eventually writes on https://elemento.ag/blog/ and podcasts on https://growthdiaries.me/.

Leave a comment

Share

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email