Mobilidade: a vitória do SaaS na transformação digital

Mobilidade: a vitória do SaaS na transformação digital

Os softwares baseados na web, uma das nomenclaturas para SaaS, já são considerados por muitos o centro da transformação digital. Portanto, a substituição de sistemas complexos e pesados por aplicações baseadas na nuvem é um fato bastante atual que indica uma tendência duradoura, com a criação de novos modelos de negócios.

Há vários motivos que tornam o SaaS vantajoso, o que vem fortalecendo, cada vez mais, as empresas que adotam este modelo de serviço.

Dentre os benefícios associados à sua utilização, podemos destacar os custos reduzidos de implementação, a diminuição de obstáculos de entrada, a integração e, principalmente, a mobilidade, por estar disponível em qualquer lugar e depender apenas do acesso à internet.

Mais adiante, falaremos de forma mais aprofundada sobre essas vantagens. Antes de tudo, precisamos conceituar o SaaS brevemente para, então, concluirmos sobre o futuro dos softwares hospedados e sua vitória na transformação digital.

As peculiaridades do Software as a Service

A responsabilidade sobre a conectividade, o gerenciamento de acesso e a manutenção da segurança de dados e dos servidores necessários para o serviço é exclusivamente das empresas provedoras.

Diferentemente dos softwares tradicionais, o SaaS requer outro tipo de visão para o sucesso de sua implantação. Ele possui características peculiares que precisam ser levadas em conta no momento de utilizá-lo. Veja:

  1. o ato de monitorar faz parte do uso dessa tecnologia;
  2. o SaaS exige uma utilização contínua para que seu potencial seja totalmente explorado;
  3. é preciso abandonar padrões habituais para lidar com a mudança constante que a internet proporciona;
  4. o feedback de clientes e usuários do serviço, quando aplicado em negócios, é essencial para adaptá-lo às demandas.

Software as a Lifestyle

Falar sobre agilidade é uma boa maneira de começar a enumerar as mudanças que a mobilidade oferecida pelo SaaS trouxe para os dias atuais.

Ao analisarmos o impacto disso no modo de vida da sociedade, destacando a relação entre empresas e consumidores, ou, até mesmo, cidadãos e Estados, concluímos que a velocidade reproduz, em geral, as seguintes características: raciocínio (insight) mais rápido, um nível de exigência mais alto e, com isso, relacionamentos mais horizontais.

Você deve estar pensando que fui longe nessa reflexão. Talvez esteja se perguntando como a possibilidade de acessar conteúdos, executar tarefas complexas e contratar serviços pela internet aproxima pessoas e instituições, consumidores e prestadores. Qual a relação do SaaS e da mobilidade com tudo isso?

Em primeiro lugar, a internet requer uma postura ativa dos usuários, seja um indivíduo ou uma empresa. Ao invés de receptores de informação, nos tornamos “buscadores”. Hoje, interagimos com o conhecimento, escolhemos o que queremos ler, comprar, multiplicar. Tudo em tempo real e de forma muito mais veloz.

Logo, se pensarmos nessa agilidade pelo ponto de vista do mercado (impossível de ignorar) e pela maneira como interagimos em sociedade e nos relacionamos com a informação, a facilitação do acesso a qualquer tipo de coisa — Internet das Coisas — , a qualquer momento, exige das empresas uma busca constante por melhores opções.

Isso acelera a adaptação às novas demandas sociais e a busca pela máxima eficiência, e se reflete em serviços e produtos mais compatíveis com as diferentes realidades.

O SaaS é o que tem potencializado essa aceleração, devido ao seu baixo custo, mas também e, talvez, principalmente, pela mobilidade que a computação em nuvem oferece e a integração que ela traz.

Exemplos concretos dessas mudanças

Argumentos são importantes, mas fatos trazem uma visão mais clara sobre as ideias que defendemos. Diante disso, selecionamos alguns exemplos que demonstram as mudanças que o SaaS traz diretamente para o mercado, a cultura e a sociedade.

Veja onde essa tecnologia está presente em seu dia a dia:

Com diferentes funções e aplicabilidades, as referências acima já fazem parte da rotina de muitas pessoas, seja em suas vidas pessoais ou no ambiente profissional.

grande capacidade de adaptação do SaaS mostra que se trata, realmente, de uma evolução, e isso implica na substituição de velhos hábitos.

E o futuro, como será?

O presente está mergulhado na computação em nuvem. E quanto ao futuro? Quais planos estarão envolvidos com o SaaS amanhã?

Em 2017, a indústria SaaS alcançou uma certa maturidade, embora seu crescimento ainda esteja em vigor. Esse amadurecimento se reflete em uma maior dependência dos usuários em relação a esses serviços, bem como no aumento de sua satisfação.

Para o futuro, a previsão é de que, em três anos, 83% de todo o tráfego de dados estejam baseados na nuvem. Em relação aos investimentos, estima-se que o gasto global nessa tecnologia tenha um crescimento anual de cerca de 21,5%, e grande parte desse montante virá da indústria de seguros.

Enquanto tendência no mercado, a mobilidade do SaaS vem sendo altamente explorada, já que utilizamos smartphones para tudo, inclusive para gerenciar operações.

Diante desse fato, e do número crescente de empresários que adotam soluções móveis, é possível prever a expansão de funções como automação de marketing, helpdesk, engajamento na web, vendas, etc.

Tiago Magnus

Tiago Magnus

Fundador do TD | TransformaçãoDigital.com

Leave a comment

Share

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email